Alfama

Alfama é um bairro onde é possível regressar à Lisboa da Idade Média e, ao mesmo tempo, sentir a modernidade que acompanha a capital portuguesa. Situado numa colina frente ao rio tejo em Lisboa, desde o bairro de Alfama podemos disfrutar de uma vista em anfiteatro sobre os telhados de telha portuguesa, sobre o rio Tejo e a sobre margem sul de Lisboa.


Alfama mantém as ruas estreitas, sinuosas, labirínticas com becos e ruelas. Aqui, é possível ver as roupas estendidas nas janelas, as pessoas a falar alto de uma janela para a outra como se estivessem numa pequena aldeia, observar as portas das casas abertas durante o dia e ouvir fado no meio da rua.


Alfama é um dos locais onde o fado surgiu e é muito procurada devido às inúmeras casas de fado que existem. É tradição os fadistas virem para a rua cantar durante o verão, e assim, proporcionar um ambiente único a quem visita o bairro. Alfama é um local calmo, tranquilo e seguro durante o dia, onde vemos os grupos de turistas nas casas de fado e restaurantes, locais onde é possível provar a tão apreciada gastronomia tradicional portuguesa. Um dos pontos altos de Alfama acontece em Junho durante as Festas da Cidade. O bairro de Alfama fica repleto com milhares pessoas vindas de todas as nações que se acumulam nas ruas, onde convivem até de madrugada. Alfama é um local seguro e que proporciona excelentes espaços para diversão, descanso, negócio, e turístico para os visitantes que chegam de todo o mundo para visitar o bairro. À noite, Alfama transforma-se num local muito procurado devido ao grande número de restaurantes.


A Junta de Freguesia de Alfama é Junta de Freguesia de Santa Maria Maior

Locais a visitar em Alfama

  • Panteão Nacional, Igreja de Santa Engrácia

  • Sé Catedral de Lisboa

  • Miradouro de Santa Luzia



  • Miradouro das Portas do Sol

  • Chapitô
  • Igreja de São Miguel
  • Museu do Aljube: Resistência e Liberdade
  • Museu do Fado
  • Rua dos Remédios
  • Casa dos Bicos


  • Teatro Romano


  • Chafariz Del Rei
  • Discoteca Lux
  • Doca do Jardim do Tabaco
  • Casa do século XVI
  • Igreja de Santiago
  • Igreja de Santo António
  • Igreja de Santo Estêvão
  • Igreja de São João da Praça
  • Igreja do Menino de Deus
  • Miradouro de Santo Estêvão
  • Mosteiro de São Vicente de Fora
  • Museu de Artes Decorativas
  • Museu do Teatro Romano
  • Museu Militar
  • Palácio Belmonte
  • Pintura de homenagem a Amália Rodrigues
  • Restaurante Bica do Sapato
  • Rua da Judiaria
  • Rua de São Pedro
  • Rua do Salvador

Casas de Fado em Alfama

  • Casa de Linhares
  • Clube de Fado
  • Dragão de Alfama
  • Malmequer Bemmequer
  • Mesa de Frades
  • Páteo de Alfama

  • São Miguel de Alfama
  • Senhor Fado
  • Tasca do Chico
  • Taverna d’el Rey

Estabelecimentos de Ensino em Alfama

  • Escola Superio de Educação Almeida Garrett
  • Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida

Empreendimentos Turísticos em Alfama

  • Alfama Patio
  • Hotel Convento do Salvador
  • Memmo Alfama
  • Palacete Chafariz d’el Rei
  • Santiago de Alfama: Boutique Hotel

Feiras, Festas e Romarias

  • Feira da Ladra: realiza-se semanalmente às Terças e Sábados de manhã próximo do Panteão Nacional
  • Santos Populares de Lisboa: realizam-se anualmente durante o mês de Junho, com o ponto alto no dia 12
  • CaixaAlfama: realiza-se anualmente em Setembro

Transportes e Acessos em Alfama

Alfama tem os seguintes transportes públicos disponíveis:

  • Metropolitano de Lisboa: ao longo da Avenida existem três estações:Estação de Santa Apolónia (Linha Azul)
  • Comboios: Estação de Santa Apolónia
  • Parques de Estacionamento: Miradouro das Portas do Sol

História de Alfama

Alfama é o bairro mais antigo de Lisboa e o segundo mais antigo da Europa depois do El Populo em Cádis. O nome Alfama vem do árabe Al-Hamma, que significa banhos quentes ou termas. Este bairro histórico de Lisboa, tinha até ao início do século XX, fontes de tratamento de doenças porque a água do subsolo, tinha propriedades curativas e as temperaturas atingiam os 40ºC. Os muçulmanos dividiam Alfama em duas: Alfama do Alto, local onde morava a aristocracia, e Alfama do Mar, local mais próximo do rio e onde morava o povo. Alfama foi o local onde primeiro moraram os muçulmanos e, depois os judeus após a Reconquista Cristã, era um dos bairros judaicos da cidade. A partir da Idade Média, entrou num declínio que se estendeu até à segunda metade do século XX. Alfama era um bairro com grande criminalidade até à década de 1990, época em que começou a recuperar. Atualmente, é dos bairros mais procurados para viver e visitar devido à segurança e reabilitação que foi feita ao longo destes anos.

Localização da Freguesia de Santa Maira Maior (Alfama) no mapa de Lisboa

Quem gosta de Alfama, também gosta de visitar...

O Bairro do Castelo, a Baixa, e o Bairro Alto